carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Metalúrgicos vão negociar diretamente com empresas

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes informou hoje que a categoria rejeitou a proposta patronal de reposição da inflação, sem aumento real, e decidiu negociar diretamente com as empresas. A decisão foi tomada durante assembleia que reuniu cerca de dois mil trabalhadores.

AE, Agencia Estado

16 de outubro de 2009 | 21h56

A partir da segunda-feira, o Sindicato realizará assembleias em 22 empresas da base, que empregam cerca de 20 mil trabalhadores. Entre as companhias estão Armco do Brasil e Voith. A categoria reivindica 10% de aumento salarial, piso salarial único, jornada de 40 horas semanais e renovação de todas as cláusulas sociais da convenção coletiva.

Tudo o que sabemos sobre:
metalúrgicossaláriosSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.