Mexicana Bimbo compra a Nutrella Alimentos

A empresa mexicana de alimentos Bimbo, a terceira maior produtora mundial de pães, anunciou ontem ter fechado um acordo para a compra de 75% da gaúcha Nutrella. O valor do negócio não foi revelado pela companhia. Em um comunicado, a Bimbo informou apenas que, com a compra da Nutrella, se torna a líder em pão industrializado no Brasil.A Nutrella, fundada em 1972 no Rio Grande do Sul, conta hoje com duas fábricas - uma em Gravataí (RS) e outra em Mogi das Cruzes (SP). A unidade paulista foi construída com um aporte do BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com o aporte, o banco passou a deter 25% do capital da empresa. Nas duas fábricas, a Nutrella emprega cerca de 900 pessoas. O grupo teve no ano passado uma receita de R$ 150 milhões, com lucro líquido de R$ 5,6 milhões.O grupo sempre teve atuação destacada no Rio Grande do Sul, e no início da década resolveu expandir suas fronteiras para além da Região Sul. Para brigar com marcas tradicionais como Pullman e Seven Boys, resolveu continuar investindo em inovação, lançando produtos como pães com mel e iogurte. A empresa já havia sido, nos anos 90, pioneira ao investir em conceitos como o de pães light. AquisiçõesO grupo Bimbo, por sua vez, está no Brasil desde 2001, quando comprou as marcas Pullman e Plus Vita, do grupo Bunge, por US$ 63 milhões. No início do ano, o grupo mexicano comprou também a marca e o portfólio de produtos da capixaba Firenze. Seus principais concorrentes no mercado brasileiro são a Panco, a Seven Boys e a Wickbold. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.