México derrota EUA em painel do Nafta

Um painel de arbitragem estabelecido no âmbito do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta) decidiu contra os EUA em uma disputa sobre o acesso de caminhões mexicanos às rodovias norte-americanas. O painel reafirmou uma decisão preliminar tomada em novembro do ano passado, determinando que os EUA abram os Estados da fronteira aos caminhões mexicanos ou paguem uma indenização de US$ 1 bi a US$ 2 bi. Os Estados norte-americanos que fazem fronteira com o México são Texas, Califórnia, Novo México e Arizona. O acordo que estabeleceu o Nafta previa que os caminhões mexicanos tivessem acesso irrestrito às estradas desses Estados até 1995 e a todas as rodovias dos EUA a partir do ano 2000. O ex-presidente Bill Clinton, porém, cedeu a pressões dos sindicatos de caminhoneiros dos EUA e recusou-se a abrir as fronteiras, alegando preocupações com segurança. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.