México reitera pedido de associação ao Mercosul

O governo mexicano reiterou, nesta sexta-feira, ao Mercosul, o pedido formal de aceitação do México como Estado associado, através do chanceler daquele país, Luis Ernesto Derbez, durante reunião da Cúpula do Mercosul, realizada na cidade de Córdoba. Em breve discurso, Derbez expressou "o interesse do México de que nos considere para a condição de associado do Mercosul", o que mereceu o agradecimento do ministro de Relações Exteriores da Argentina, Jorge Taiana. A expectativa é de que antes de dezembro, o México possa avançar nas negociações com o Mercosul para se associar ao bloco regional e ocupar uma posição similar à da Bolívia e do Chile. Segundo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista na quinta-feira, aos jornalistas brasileiros, o presidente Vicente Fox "tem todo o interesse de avançar na associação antes do dia primeiro de dezembro, que é quando assumirá o próximo governo" no México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.