Mianmar tenta atrair investidor brasileiro

Integrantes do governo de Mianmar se reuniram ontem com empresários brasileiros tentando atrair investimentos para seu país. A delegação, liderada pelo vice-presidente Sai Mauk Kham, também se encontrou com representantes da Embraer - procurada, a empresa não comentou o assunto.

O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2012 | 03h06

O regime de Mianmar era visto como um dos mais fechados do mundo, mas desde 2010, o país passa por um processo de abertura política. "Mianmar está atravessando um período de grande perspectiva", afirmou Ricardo Cury, cônsul de Mianmar. Segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), Mianmar tem 63 milhões de habitantes e um Produto Interno Bruto (PIB) per capita de US$ 854,53. A previsão, de acordo com o órgão, é que o país tenha um crescimento de 6% este ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.