Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Michael Jackson volta a liderar ranking de celebridades que mais lucram

Lista inclui Elvis Presley, Bob Marley, Elizabeth Taylor e o criador do Beagle Snoopy, Charles Shultz

Reuters,

24 de outubro de 2013 | 15h44

SÃO PAULO - Michael Jackson recuperou o título de celebridade falecida mais lucrativa do mundo, superando com folga Elvis Presley e o desenhista Charles Schulz, criador dos personagens Charlie Brown e o cachorinnho da raça Beagle Snoopy.

Depois de haver sido relegado ao segundo lugar por Elizabeth Taylor, no ano passado Michael Jackson, que morreu em 2009, regressou ao topo do ranking com ganhos estimados em US$ 160 milhões entre outubro de 2012 e outubro de 2013.

Cirque du Soleil. O aumento do faturamento do cantor foi graças aos espetáculos do Cirque du Soleil, com o show Mijac Music, além de vendas de músicas gravadas e sua meia parte no império musical Sony/ATV, que inclui músicas dos Beatles, Lady Gaga, Eminem e Taylor Swift, entre outros, explicou a revista Forbes.

Elvis Presley caiu para um distante segundo lugar com US$ 55 milhões, seguido por Schulz, criador dos Peanuts, que foi o terceiro colocado pelo segundo ano consecutivo com US$ 37 milhões.

Elizabeth Taylor caiu para o quarto lugar com ganhos de US$ 25 milhões, uma forte baixa em relação ao ano anterior, quando sua herança gerou ganhos de US$ 210 milhões, em grande parte devido ao leilão de suas joias.

Bob Marley. A estrela do reggae Bob Marley caiu para a quinta colocação com US$ 18 milhões de dólares. O cantor, que morreu de câncer aos 36 anos em 1981, vendeu mais de 75 milhões de discos nas últimas décadas, segundo a Forbes.

O físico ganhador do prêmio Nobel Albert Einstein retrocedeu uma posição e ficou em oitavo lugar, com ganhos de US$ 10 milhões, enquanto a cantora mexicana-americana Jenni Rivera, que murreu em um acidente aéreo em dezembro do ano passado aos 43 anos, entrou na lista na 13ª posição, com US$ 7 milhões.

A revista Forbes produziu o ranking falando com administradores e advogados, além de licenciadores de bens, e também com análises de ganhos póstumos estimados entre outubro de 2012 e outubro de 2013. A lista completa está no site da revista em forbes.com/dead-celebs.

Tudo o que sabemos sobre:
Forbes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.