Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Micro e pequenas tiveram o pior trimestre, avalia Sebrae

As micro e pequenas empresas no Estado de São Paulo tiveram o pior primeiro trimestre dos últimos seis anos, em termos de faturamento e pessoal empregado, divulgou hoje o Sebrae-SP. Segundo dados da pesquisa de Conjuntura das Micros e Pequenas Empresas do Estado de São Paulo (Peconte), o faturamento recuou 9,3% no primeiro trimestre deste ano em relação a igual período do ano passado. Este índice é deflacionado pelo INPC, que em 2002 foi de 6,5%. Em março deste ano, o faturamento das micro e pequenas empresas caiu 13,8% ante mesmo mês do ano passado. O nível de emprego no setor diminuiu 5% no primeiro trimestre, ante igual período de 2002. A queda de março na comparação a igual mês do ano passado foi de 2,8%, ou seja, com o fechamento de 140 mil vagas.

Agencia Estado,

07 de maio de 2003 | 11h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.