Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

MicroPenhor da CEF empresta R$ 432,9 milhões em um ano

O MicroPenhor, modalidade de crédito da Caixa Econômica Federal, emprestou R$ 432,9 milhões após cerca de um ano de seu lançamento (agosto de 2004), totalizando 1,76 milhão de operações. A modalidade tem as mesmas características do Penhor, mas é direcionada à população de baixa renda e a microempreendedores.O MicroPenhor se destina a clientes que não possuem saldo médio mensal em conta corrente ou aplicação financeira acima de R$ 1.000, na Caixa ou em outros bancos. O empréstimo é limitado a R$ 600, com taxa de juros de 2% ao mês e prazo de pagamento de até 120 dias. O valor médio do empréstimo é de R$ 250. Não é necessário ter avalista ou fazer cadastro para fechar o contrato.De acordo com a Caixa, diariamente, são fechados mais de 7 mil contratos de MicroPenhor, o que representa 28% dos contratos de Penhor e 14,5% do volume de dinheiro emprestado pela operação tradicional.

Agencia Estado,

29 de julho de 2005 | 14h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.