Microprofissionais estão concentrados mais em São Paulo

O Estado de São Paulo lidera as estatísticas de profissionais formalizados no regime conhecido como microempreendedor individual. O contingente paulista é de 114,5 mil pessoas, seguido pelo Rio de Janeiro, com 69,3 mil profissionais.

, O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2010 | 00h00

Entre as atividades com maior número de adesões até o início de setembro estão os comerciantes autônomos de roupas e acessórios (49,9 mil), cabeleireiros (37,5 mil) e donos de lanchonetes e casas de chá (15,8 mil).

A Receita agora está incluindo no regime as seguintes atividades: abatedor de aves, artesão em cimento, bike propagandista, estampador de roupas, esteticista, fabricante de velas, instalador de equipamentos de segurança, instalador de redes de computadores, locador de instrumentos musicais e recarregador de cartuchos de informática.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.