Miguel Jorge prevê crescimento de 5% para o PIB em 2010

Ministro disse que corrente comercial cresceu 6% em agosto e que crise durou apenas dois trimestres

Daniela Milanese, da Agência Estado,

16 de setembro de 2009 | 09h53

O ministro do Comercio, Indústria e Desenvolvimento, Miguel Jorge, acredita que o Brasil deve crescer 5% no próximo ano. Mesmo afirmando que não gosta de fazer projeções, o ministro disse que se arrisca a dizer que o País pode chegar a essa taxa de avanço do PIB.

 

Veja também:

link Crise ainda pode causar 10 mi de demissões na região da OCDE

link Taxa de desemprego na Inglaterra é a maior desde 1996

especial Um ano após auge da crise, economia se recupera

especial PIB cresce 1,9% e Brasil sai da recessão

especial Dicionário da crise 

especial Como o mundo reage à crise

 

Segundo ele, há sinais inequívocos de que a crise passou. Jorge citou que a corrente comercial brasileira cresceu 6% em agosto. Para o ministro, a crise ficou restrita a dois trimestres de retração econômica, já que há estimativas de que o País pode avançar 3% no terceiro trimestre.

 

Ele participa de reunião do Jetco, grupo formado para estimular a cooperação entre o Brasil e o Reino Unido.

Tudo o que sabemos sobre:
Miguel JorgecriseBrasilPIBcrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.