Milão fecha em queda de 0,18% e Madri sobe 0,89%

A Bolsa de Milão fechou em queda de 0,18%, apesar do bom desempenho das ações de tecnologia. Entre as principais altas do Nuovo Mercato (que engloba os papéis de tecs), destaque para as ações da companhia de Internet Freedomland, que subiram 12%. As ações da Tiscali subiram 4,3%, enquanto que as da e.Biscom registraram +1,4%. Entre as ações industriais, as da Fiat tiveram alta de 2,6%. Segundo traders, esses papéis vêm subindo em volumes moderados por causa do seu apelo defensivo. O setor de telecomunicações ficou em baixa: Telecom Italia -1,9%, Olivetti -2,2% e Telecom Italia Mobile -0,3%. Em Madri, a bolsa fechou em alta de 0,89%. Segundo traders, as ações da Iberdrola e da Endesa subiram forte depois que os conselhos das duas empresas rejeitaram os planos de fusão. As ações da Iberdrola subiram 11% - pois a empresa é considerada alvo de aquisição -, enquanto que as da Endesa registraram alta de 2,8%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.