finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Milão fecha em queda de 0,45%; Madri cai 1,39%

A Bolsa de Milão fechou com o índice Mib-30 em queda de 0,45%. Segundo analistas, com muito participantes "de lado" por causa da reunião do Fed, amanhã e quarta-feira, o mercado foi pressionado pela queda das ações de telecomunicações. Esse setor foi pressionado pelo anúncio de que a Telecom Italia irá emitir 2 bilhões em bônus conversíveis em ações da Telecom Italia Mobile e da Seat PG. "Essa é uma má notícia para a TIM e, muito provavelmente, para a Seat PG", disse um trader. As ações da TIM caíram 4,3%, enquanto que as da Telecom Italia caíram 0,7% e as da Seat PG fecharam com perda de 2%.Em Madri, o índice Ibex-35 fechou em queda de 1,39%. De acordo com traders, o mercado foi pressionado pelas perdas sofridas por algumas blue chips. Segundo analistas, os participantes não esperam uma mudança no comportamento do mercado até quarta-feira, para quando é esperada a divulgação da decisão do Fed sobre as taxas de juro norte-americanas. A principal queda do dia foi das ações do Banco Santander Central Hispano, que caíram 4,0%.As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2001 | 17h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.