Milho segue petróleo e fecha em forte alta

Os preços do milho dispararam ontem na Bolsa de Chicago. Posição mais negociada, o contrato de março encerrou o pregão cotado a US$ 3,42/bushel, com ganho de 4,35%. Segundo analistas, a commodity refletiu a forte alta do petróleo e o bom desempenho dos mercados de ações, em dia de otimismo com a iminência de um socorro do governo às montadoras nos Estados unidos. Investidores também compraram com base em indicadores técnicos que sugerem que as cotações já atingiram um piso neste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.