Milk-shake Ovomaltine muda de dono e marcas travam batalha nas redes sociais

Redes de fast-food e eletrodomésticos se aproveitaram do debate para oferecer seus produtos e acirrar ainda mais a polêmica

O Estado de S.Paulo

15 Setembro 2016 | 12h53

O lançamento do milk-shake Ovomaltine pelo McDonald’s na última quarta-feira, 14, causou alvoroço nas redes sociais. Usuários não souberam lidar com a saída do cardápio do Bob's e marcas se aproveitaram do debate para oferecer seus produtos e acirrar ainda mais o debate.

Protagonistas da polêmica, McDonald's e Bob's trocaram provocações e a ex-detentora do contrato de exclusividade usou a hashtag #MilkFake ao se referir ao novo produto.

Outras marcas como Giraffas, Burger King e Philips se aproveitaram para atrair consumidores. Preferências à parte, as marcas abusaram da criatividade e travaram uma bela batalha de social media.

McDonald's começou a polêmica com a hashtag 'Finalmente no Mc'.

Em resposta, Bob's resolveu ir direto ao ponto e chamou o novo de produto de falso.

A Philips destacou que é possível fazer o próprio shake com os liquidificadores da marca.

O Giraffas usou a situação para reforçar a variedade de produtos.

O Burger King aproveitou para fazer propaganda de seu hamburguer. 

História. O Bob’s lançou o milk-shake de Ovomaltine em 1959 e, desde 2005, tinha um contrato de exclusividade no uso da marca no Brasil na categoria. O contrato com o Bob’s venceu há alguns meses e o McDonald’s aproveitou para colocar a marca no seu menu de bebidas. O McDonald’s já usava o nome Ovomaltine na sua linha de sobremesas desde 2009.

Para divulgar o sabor Ovomaltine, o McDonald’s fará a maior campanha da sua história para a linha de sobremesas, com peças para TV, mídias sociais e mobiliário urbano.

Ingrediente. O cardápio do Bob’s continuará a ter a receita de milk-shake que usa o achocolatado Ovomaltine, que agora aparece no menu com o sabor “crocante”. A rede pode usar o ingrediente na receita, mas não pode colocar a marca no cardápio de shakes. “Nós optamos por não renovar o contrato de exclusividade. Isso seria um investimento desnecessário, que pesaria no bolso do consumidor”, disse Marcello Farrel, diretor geral do Bob’s. “As nossas pesquisas apontam que o Bob’s é top of mind na categoria de shakes e não o insumo (Ovomaltine). É a nossa fórmula que é considerada imbatível”, ressalta.

Mais conteúdo sobre:
Wander McDonald''s Giraffas Philips Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.