Minas e Energia cria grupo gestor do PAC no setor energético

O Ministério de Minas e Energia criou nesta terça-feira, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União, um grupo gestor que vai acompanhar as ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na área energética. A primeira reunião oficial do grupo - presidido pelo ministro Silas Rondeau e formado por secretários do próprio ministério - será nesta quarta, a partir das 9 horas. A área de energia é a que tem a maior previsão de investimento de recursos do PAC - cerca de R$ 275 bilhões do total de R$ 503,9 bilhões do programa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.