Minas receberá usina de R$ 200 milhões

O grupo sucroalcooleiro alagoano Tenório vai investir R$ 200 milhões na construção de sua segunda unidade produtora de açúcar e de álcool em Minas Gerais. O protocolo de intenções será assinado com o governo estadual nesta quinta-feira, às 18 horas, na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais. O empreendimento será construído em Nova Ponte, no Triângulo Mineiro, cidade vizinha a Santa Juliana, onde o grupo Tenório inaugurou este ano sua primeira unidade no Estado.A nova usina deve iniciar a produção na safra 2009/10 com uma moagem de 600 mil toneladas de cana, com expansão de 5 mil a 6 mil hectares por ano, para atingir um esmagamento de 3 milhões de toneladas. No primeiro e no segundo ano, a cana-de-açúcar processada será destinada totalmente à produção de 50 milhões de litros de álcool por safra.Somente no terceiro ano (2011/12), a unidade iniciará com a produção de açúcar. Segundo informações de José Givago Raposo Tenório, diretor dos dois empreendimentos em Minas Gerais, praticamente 100% de cana-de-açúcar processada na unidade será de fornecedores. "É uma forma de dividir os recursos gerados com a comunidade local, além de reduzir os custos do negócio", afirma Tenório.Atualmente, estão sendo plantados os canteiros de muda em 100 hectares na cidade de Nova Ponte, para serem multiplicados, em 2007, para 600 hectares e assim, em 2008, na primeira etapa, serem fornecidas aos parceiros para plantio em 5 mil hectares.Já na unidade de Santa Juliana a moagem prevista para este ano é de 650 mil toneladas, e a expansão para o próximo ano de 1,3 milhão de toneladas de cana-de-açúcar. Até 2011, a usina de Santa Juliana deverá moer 3 milhões de toneladas de cana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.