Mineradoras ajudam índices a fechar com leve alta

As ações europeias fecharam em leve alta nesta segunda-feira, após saltarem na sessão anterior devido a novos sinais de que a economia dos Estados Unidos está ganhando fôlego, com destaque para papéis de mineradoras, que foram impulsionados pelos ganhos dos preços de metais industriais.

ATUL PRAKASH, REUTERS

06 de outubro de 2014 | 14h34

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subiu 0,22 por cento, a 1.350 pontos. O índice teve alta de 0,9 por cento na sexta-feira, sustentado por dados mostrando que empregadores norte-americanos aceleraram as contratações em setembro e que a taxa de desemprego caiu para o menor nível em seis anos.

"Os números sobre emprego nos EUA foram reconfortantes. A maneira como o mercado parece estar reagindo a esses números sugere que investidores estão mais preocupados com a perspectiva de crescimento neste momento do que com possíveis altas de juros", disse o estrategista de ações do HSBC, Robert Parkes.

O índice de matérias-primas do STOXX Europe 600 avançou 1,5 por cento, enquanto os preços de cobre, alumínio e zinco subiam entre 0,5 e 2 por cento por expectativas de demanda mais forte por matérias-primas em países como os EUA.

As mineradoras Rio Tinto, BHP Billiton, Fresnillo e Antofagasta tiveram alta de entre 1,5 a 3,8 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,55 por cento, a 6.563 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,15 por cento, a 9.209 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve alta de 0,11 por cento, a 4.286 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib caiu 0,4 por cento, a 20.119 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,74 por cento, a 10.645 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,25 por cento, a 5.537 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.