Minerva intensifica apoio ao produtor para aderir ao CAR

O frigorífico Minerva informou hoje, por meio de nota, que está intensificando a divulgação do Programa de Apoio e Assistência aos Pecuaristas do Estado do Pará, com a finalidade de ajudar os pecuaristas da região a fazerem o Cadastro Ambiental Rural (CAR). No próximo ano, a empresa deve inaugurar uma unidade no município de Redenção (PA) e, desde já, procura garantir um número razoável de fornecedores no Estado.

TATIANA FREITAS, Agencia Estado

25 de fevereiro de 2010 | 18h22

Minerva e JBS Friboi não podem comprar animais de propriedades que não tenham o CAR, conforme prevê o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado no ano passado entre as empresas e o Ministério Público Federal (MPF), após as denúncias de que a pecuária estaria provocando desmatamento ilegal na região. Atualmente, o Minerva compra gado no Pará para abastecer parte de suas plantas em outros Estados e das exportações de boi vivo.

O programa informa os pecuaristas sobre as necessidades para obtenção do CAR e fornece apoio logístico aos interessados. Segundo o gerente corporativo de sustentabilidade do Minerva, Mário Luis Broday, antes da criação do programa apenas 10% das fazendas que são fornecedoras do Minerva possuíam o CAR. Hoje, esse porcentual atinge 30%, segundo ele.

De acordo com balanço da Secretaria de Meio Ambiente do Pará (Sema), 12 mil cadastros foram feitos desde meados de 2009, o que representa aproximadamente 10% das propriedades da região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.