Ministério da Fazenda não estuda recursos para Varig

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse hoje que o Ministério não tem nenhum estudo para injetar recursos na Varig. Ele ressaltou, entretanto, que essa questão vem sendo tratada pelo Ministério da Defesa e aconselhou que as perguntas fossem dirigidas para lá.Sobre a possibilidade de o governo abrir mão de créditos contra a Varig, o ministro foi enfático ao afirmar que a Constituição não permite que isso seja feito. "A Constituição não me permite abrir mão de nenhum crédito", afirmou Palocci, em entrevista coletiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.