Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Ministra e futebol põem presidente na imprensa italiana

A visita de Lula ganhou visibilidade na imprensa italiana por causa de mulher e futebol. Os jornais deram espaço para Lula depois de a oposição criticar a decisão de Silvio Berlusconi de escalar a ministra de Igualdade e Oportunidades, Mara Carfagna, para receber o presidente brasileiro. Mara, ex-modelo que já posou nua, é citada como "amiga próxima" de Berlusconi e teve sua foto em todos os jornais.Ontem, Berlusconi chamou a atenção ao "convocar" cinco jogadores do Milan, seu time de futebol, para o almoço que ofereceu a Lula. Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Emerson, Dida e Pato foram obrigados pelo chefe a assistir aos demorados discursos dele e de Lula após a refeição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.