Marcelo Camargo/Agência Brasil - 23/4/2019
Marcelo Camargo/Agência Brasil - 23/4/2019

mercado

Petro, Magalu, Vale, B2W, Ambev... As empresas que mais cresceram na crise

Ministra Tereza Cristina se reúne com investidores chineses em Xangai

Na ocasião, investidores disseram que pretendem aumentar o montante aplicado no País, em setores de sementes, suinocultura, infraestrutura e ferrovias

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2019 | 12h23

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, apresentou dados do setor agropecuário e áreas com potencial de crescimento para um grupo de 40 investidores chineses com projetos no Brasil, nesta segunda-feira, 13, em Xangai, na China

O encontro foi organizado pelo Banco do Brasil em parceria com o consulado brasileiro. Os investidores informaram que pretendem aumentar o montante aplicado no Brasil, em setores de sementes, suinocultura, infraestrutura e ferrovias.

Conforme comunicado da pasta, os chineses revelaram interesse em obras ferroviárias, como a Ferrogrão - corredor ferroviário para escoamento de grãos da Região Centro-Oeste, que será construído entre Sinop (MT) e Itaituba (PA), onde fica o Porto de Miritituba. O projeto é orçado em US$ 3,37 bilhões e o edital deve ser lançado no quarto trimestre de 2019.

Outra obra citada foi a Fiol, ferrovia que ligará Ilhéus (BA) a Figueirópolis (TO) para escoar minério de ferro da região de Caetité e grãos, e a ferrovia Norte-Sul, principal via para o escoamento de grãos pelo Arco Norte com investimentos estimados em US$ 680 milhões.

O primeiro compromisso da delegação brasileira na China foi a divulgação de cafés especiais brasileiros na SeeSaw cafeteria. O evento de promoção foi organizado pelo importador Jason Wang com apoio da diretora da Associação Brasileira de Cafés Especiais, Vanusia Nogueira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.