coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Ministro acusado de embriaguez renuncia

AUSTERIDADE JAPONESA

, O Estadao de S.Paulo

18 de fevereiro de 2009 | 00h00

O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, nomeou ontem o ministro de Economia, Kaoru Yosano, como ministro de Finanças, após Shoichi Nakagawa renunciar ao cargo. Nakagawa foi duramente criticado pela opinião pública japonesa após aparecer no sábado, em Roma, na entrevista após reunião do G-7, com aparentes sinais de embriaguez. O demissionário havia dito que tomou apenas uma taça de vinho, mas que também havia ingerido medicamentos para gripe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.