Ministro alemão rejeita imposto para a UE

O ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, disse a parlamentares do país que considera improvável que um imposto sobre transações financeiras possa ser implementado em todos os 27 países da União Europeia e mesmo nos 17 países da zona do euro, segundo pessoas que participaram de uma reunião com a autoridade.

O Estado de S.Paulo

21 de março de 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.