carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Ministro boliviano confirma negociação com Brasil

O Ministério de Minas e Energia informou nesta terça-feira que recebeu um documento oficial do ministro de Hidrocarbonetos da Bolívia, Carlos Villegas, concordando em se reunir no dia 9 de outubro com o ministro brasileiro, Silas Rondeau, para tratar do preço do gás boliviano e da situação das refinarias da Petrobras no país vizinho.A data de 9 de outubro havia sido sugerida por Rondeau, depois que ele e o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, cancelaram a viagem à Bolívia que fariam no dia 15 deste mês. O cancelamento foi uma reação política à decisão boliviana de tomar o controle financeiro das duas refinarias da Petrobras na Bolívia. A reação brasileira fez com que os bolivianos suspendessem temporariamente a execução do confisco do controle.As negociações técnicas entre a Petrobras e o governo boliviano devem ter mais um capítulo nesta semana. Segundo informação da estatal, um grupo de técnicos da empresa estatal vai a La Paz nesta sexta-feira para discutir com representantes do governo boliviano o preço do gás vendido ao Brasil.

Agencia Estado,

26 de setembro de 2006 | 17h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.