Ministro canadense se diz impressionado com planos do Brasil

O ministro do Comércio Internacional do Canadá, James Peterson, conversou nesta quarta-feira com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guido Mantega, sobre oportunidades de investimento em infra-estrutura no Brasil e parcerias público-privadas (PPP), entre outros assuntos. "Estou muito impressionado com o Brasil e seus planos. Estou muito confiante que esse País tenha um grande futuro econômico", disse Peterson ao deixar o encontro de pouco mais de uma hora. Outro tema tratado foi a rivalidade entre as fabricantes de aviões, a brasileira Embraer e a canadense Bombardier. "Falamos brevemente disso e esperamos que isso seja resolvido em um futuro próximo", disse Peterson sobre o entrave que fez Brasil e Canadá passarem por uma longa disputa na Organização Mundial de Comércio (OMC). De acordo com o ministro canadense, foram discutidas também possibilidades de investimento conjunto do Brasil e do Canadá em terceiros países. De acordo com fonte do BNDES, Mantega teria feito especial menção ao Porto de Sepetiba, atendendo a um pedido canadense feito em contatos anteriores entre representantes dos dois países. Peterson, porém, fugiu do assunto e disse que não foi discutido nada específico. Participaram do encontro dois futuros integrantes da Diretoria do BNDES: o economista Antônio Barros de Castro e o chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento, Demian Fiocca. Também estavam presentes o diretor de Comércio Exterior da instituição, Luiz Eduardo Melin, que está demissionário assim como os demais nomeados pelo ex-presidente Carlos Lessa, e o superintendente de infra-estrutura, João Carlos Cavalcanti.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.