Ministro chinês vê incertezas sobre zona do euro

Varsóvia, 28 (AE) - A economia global está enfrentando uma difícil recuperação e, embora a situação da dívida na zona do euro esteja melhorando, ainda há muitas incertezas, afirmou o ministro de relações exteriores da China, Yang Jiechi, em comunicado publicado neste sábado.

Agencia Estado

28 de abril de 2012 | 14h34

Resumindo a viagem de oito dias do primeiro-ministro Wen Jiabao à Europa, que terminou na sexta-feira, Yang disse que atualmente há ajustes profundos e complexos no ambiente global e que China e Europa estão num momento crucial em suas respectivas fases de desenvolvimento.

Ambos estão "no mesmo barco" nos esforços de cooperação e visam a empreendimentos conjuntos que beneficiarão a recuperação e a estabilidade econômica global, segundo Yang. Durante as visitas a Islândia, Alemanha, Suécia e Polônia, o primeiro-ministro Wen disse que a estratégia da China é se concentrar no desenvolvimento sustentável e que o país precisa acelerar os esforços de reestruturação. As informações são da Dow Jones. (Equipe AE)

Tudo o que sabemos sobre:
Chinacrisezona do eurodívida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.