Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Ministro, com ciúme de Palocci

O senador Artur Virgílio (PSDB-AM) provocou uma cena de "ciúme" ontem, ao elogiar o deputado e ex-ministro Antônio Palocci por ter aplicado uma política dura de arrocho fiscal e monetário no início do governo Lula. Os elogios dos tucanos a Palocci se explicam pela semelhança de sua gestão com a de seu antecessor, Pedro Malan, no governo Fernando Henrique Cardoso. "Senti que ele nutre uma preferência pelo ministro Palocci e eu fico um pouco enciumado", admitiu com bom humor o ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao começar a responder a Virgílio na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. "Não fique enciumado ministro, porque ciúme de homem é a pior coisa do mundo", respondeu Virgílio. Mantega foi questionado pelo excesso de otimismo durante a crise e admitiu ter errado nas previsões, como a maioria dos analistas. "Eu tenho errado como outros têm errado também. Com exceção de Nouriel Roubini (que fez os primeiros prognósticos mais pessimistas sobre a crise), nenhum economista previu que a crise teria essa virulência."Ele admitiu mais uma vez que o PIB do primeiro trimestre deste ano caiu, mas questionou se isso caracteriza efetivamente uma recessão.

Sérgio Gobetti, BRASÍLIA, O Estadao de S.Paulo

29 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.