finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Ministro coreano questiona Mantega sobre alta do IPI

Em visita oficial ao Brasil, o ministro de Finanças da Coreia do Sul, Jaewan Bahk, cobrou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre a alta no IPI de automóveis importados. A elevação de 30 pontos porcentuais atingiu diretamente os veículos vendidos por países asiáticos, como a Coreia, cujas carros ganharam grande espaço no mercado brasileiro.

O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2011 | 03h07

Segundo relato do secretário de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, Carlos Márcio Cozendey, Mantega respondeu ao coreano que a medida deve ser lida como um convite para que os coreanos montem fábricas no Brasil, para aproveitar o mercado interno daqui. Mantega reforçou que a iniciativa tem caráter temporário e disse que não pretende levar a medida a outros produtos. / F.G. e R.V.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.