Ministro culpa impostos por alta nas passagens aéreas

O ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, disse nesta segunda-feira, 25, que a solução para o alto custo das passagens aéreas, sentido recentemente, passa pela política tributária. "Existe um dado absolutamente intolerável de que no Brasil se pratica uma política de impostos colonialista na área de aviação. Todos os voos internacionais estão isentos de ICMS e PIS/Cofins, enquanto os voos internos pagam", disse durante evento do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), realizado na capital paulista.

GABRIELA LARA E RENAN CARREIRA, Agencia Estado

25 de novembro de 2013 | 14h45

Moreira Franco disse que, com o aumento da oferta de voos para a Copa de 2014 não haverá preços exorbitantes. Ele afirmou que haverá a definição de novas rotas aéreas para o período do evento após o sorteio de grupos.

Tudo o que sabemos sobre:
Moreira Francopassagensimpostos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.