Ministro: Dilma reafirma que sistema é à prova de raio

O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann, que acumula a função de porta-voz da Presidência, disse nesta quinta-feira, 06, que a presidente Dilma Rousseff reafirma que o "sistema elétrico brasileiro é à prova de raios".

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

06 de fevereiro de 2014 | 19h54

"O Brasil é um dos países com maior quantidade de raios no mundo. O sistema elétrico brasileiro foi montado para ser à prova de descargas elétricas, com uma gigantesca rede de para-raios. Se os raios foram realmente responsáveis pela queda de fornecimento de energia, cabe ao ONS apurar se os operadores estão mantendo adequadamente sua rede de para-raios", disse o ministro, em breve declaração à imprensa.

Empresas envolvidas na investigação das causas do apagão, que deixou 13 Estados e seis milhões de pessoas no escuro na última terça-feira, trabalham com a hipótese de a falha ter sido causada por uma descarga atmosférica (raios).

Tudo o que sabemos sobre:
apagãodilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.