Ministro diz que França está aberta a facilitar pagamento de dívida grega, não cancelar

A França está aberta a facilitar o pagamento da dívida grega, mas não cancelar, disse o ministro das Finanças francês, Michel Sapin, neste domingo em uma entrevista à imprensa ao lado do colega grego, o ministro Yanis Varoufakis.

REUTERS

01 Fevereiro 2015 | 17h36

"Qualquer coisa que puder aliviar o fardo da dívida da Grécia será bem-vinda... mas é claro que não há possibilidade de cancelar a dívida grega", disse Sapin.

O ministro francês acrescentou que isso significaria simplesmente que em vez de o contribuinte grego pagar, pagariam a conta os contribuintes franceses e europeus.

Ministro das Finanças grego, Varoufakis disse também que enquanto a Grécia estiver em conversações sobre a dívida com parceiros europeus não pedirá mais empréstimos.

(Reportagem de Ingrid Melander)

Mais conteúdo sobre:
MACRO MINISTRO FRANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.