Ministro diz que racionamento no Norte acaba dia 1o

O ministro das Minas e Energia, José Jorge, informou há pouco que o racionamento de energia elétrica na Região Norte terminará no dia 1º de janeiro. Ele deu essa informação em rápida entrevista ao sair do prédio do Ministério para uma reunião com o presidente Fernando Henrique Cardoso. Segundo José Jorge, o anúncio oficial do fim do racionamento no Norte será feito amanhã, após reunião da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (GCE). O governo já havia anunciado que decretaria o fim do racionamento no Norte quando o reservatório que abastece a usina de Tucuruí alcançasse 50% de sua capacidade máxima. Segundo Jorge, a previsão é de que isso ocorra no dia 27 de dezembro. Ontem, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o nível do reservatório de Tucuruí era de 39,06%. O ministro disse que a vazão do reservatório está em 8.000 metros cúbicos por segundo, e da hidrelétrica, de 5.000 a 6.000 metros cúbicos por segundo. "Lá, quando vem água, vem muito", disse o ministro. José Jorge disse que o governo deverá fazer antecipadamente o anúncio do fim do racionamento no Norte para que as indústrias eletrointensivas possam se programar para a mudança do recebimento da energia. Elas são responsáveis por 60% do consumo na região e têm meta de economia de 25%.

Agencia Estado,

18 Dezembro 2001 | 19h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.