Ministro do Petróleo do Iraque diz que preços têm piso de cerca de US$65-70

A Venezuela vai propor à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) um corte na produção de petróleo, afirmou o ministro das Relações Exteriores do país, Rafael Ramirez, a repórteres imediatamente antes do início da reunião do grupo nesta quinta-feira.

REUTERS

27 de novembro de 2014 | 07h48

Ramirez disse ainda que o mercado está sobrecarregada em dois milhões de barris por dia.

Já o ministro do Petróleo do Iraque, Adel Abdel Mehd, disse que os preços da commodity têm um piso em torno de 65 a 70 dólares.

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOCORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.