Filipe Araujo/Estadão
Filipe Araujo/Estadão

carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Imagem Adriana Fernandes
Colunista
Adriana Fernandes
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Ministro fala do desbloqueio das despesas do governo pelo Twitter

No microblog Twitter, Barbosa avisou que o governo vai editar um decreto de descontingenciamento de R$ 11,2 bilhões de despesas que foram bloqueadas até que o projeto da meta fiscal fosse aprovado

Adriana Fernandes, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2015 | 02h06

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, usou nesta quarta-feira as redes sociais para anunciar o desbloqueio das despesas do governo depois que o Congresso aprovou o projeto que muda a meta fiscal de 2015.

No microblog Twitter, Barbosa avisou que o governo vai editar um decreto de descontingenciamento de R$ 11,2 bilhões de despesas que foram bloqueadas até que o projeto fosse aprovado. Segundo ele, o decreto será editado assim que o projeto aprovado seja enviado à sanção da presidente Dilma Rousseff.

"Com a liberação, não haverá risco para a prestação de serviços. Podemos continuar com gastos discricionários pré-programados. E desse modo resolver essa questão de uma vez por todas." Barbosa disse que a aprovação do projeto permite ao governo pagar o que o Tribunal de C0ntas da União entende como passivos junto aos bancos públicos e ao FGTS - as chamadas "pedaladas fiscais".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.