Ministro garante o 'essencial' na Copa em Viracopos

O ministro da secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, disse nesta quarta-feira, 14, que o Aeroporto Internacional de Viracopos (Campinas-SP), terá a estrutura necessária para atender as seleções e os torcedores durante a Copa do Mundo. "A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) está fazendo as investigações para ver em que termos os contratos foram cumpridos ou não. E as penas que serão aplicadas. O papel que o aeroporto terá para a Copa, ele vai cumprir", afirmou.

NIVALDO SOUZA, Agencia Estado

14 de maio de 2014 | 10h49

O ministro, que participou de audiência pública no Senado sobre as obras para o mundial de futebol, disse que a concessionária apresentou problemas na execução das reformas do aeroporto e irá apresentar um novo cronograma para concluir a obra até o final do ano. O contrato de concessão prevê, segundo a Anac, multas que podem atingir até R$ 170 milhões por descumprimento do cronograma de obras.

Tudo o que sabemos sobre:
aeroportosMoreira FrancoViracopos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.