finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Ministro italiano quer barrar imigração

MEDIDA EXTREMA

O Estadao de S.Paulo

21 de novembro de 2008 | 00h00

A recessão na Europa está fazendo com que governos pensem em medidas extremas. Ontem, o ministro do Interior da Itália, Roberto Maroni, disse ser favorável à idéia de fechar as fronterias do país e impedir a entrada de novos imigrantes legais que concorram com italianos por postos de trabalho. Para entidades de direitos humanos, a medida não funcionará, já que os imigrantes continuarão entrando e trabalhando ilegalmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.