Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Ministro manda BR-101 para fim da fila das concessões

O ministro dos Transportes, César Borges, sinalizou no início da tarde desta terça-feira, 17, que o trecho que engloba as BRs 060-153-262, de Betim, em Minas Gerais, até Goiás, deve ser o próximo a ser colocado em leilão. Na sequência devem vir a BR-163 (MT) e a BR-040 (Juiz Fora a Brasília). Em uma segunda etapa, devem ser leiloadas a BR 163 (MS) e BR 116 (MG). "Vamos ouvir um pouco o mercado, mas já temos alguma orientação", disse Borges ao informar que o governo vai alterar a ordem do cronograma de leilões.

RENATA VERÍSSIMO E LU AIKO OTTA, Agencia Estado

17 de setembro de 2013 | 12h42

"Vamos procurar colocar para o mercado aquilo que for mais atrativo. Temos que ser realistas. Não estamos trabalhando com exclusão de trechos, mas com a redefinição de prioridades a serem colocadas nos leilões", disse. "Queremos que as mais atrativas vão a disputa enquanto vamos ajustando as outras e procurando fazer equilíbrio de tal forma que elas se tornem atrativas", explicou. O ministro disse que ainda será avaliado processo da BR-101 (BA) e BR-153, de Brasília a Tocantins.

O leilão da BR-101 estava previsto para outubro e foi para o final da fila. A rodovia tinha o maior pedágio previsto entre todas os trechos a serem leiloados, de R$ 12,00.

Tudo o que sabemos sobre:
concessõesrodoviasBR-101

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.