Ministro nega divergências no governo sobre o câmbio

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, disse hoje que não há qualquer preocupação do governo com a queda da taxa de câmbio e assim como os demais membros da equipe econômica, descartou a possibilidade de uma intervenção no mercado. Segundo o ministro, o mercado deve encontrar seu ponto de equilíbrio. Mantega garantiu ainda que não há qualquer divergência no governo em relação a política cambial."Não há nenhuma divergência. Trabalhamos em perfeito afinamento", afirmou. Ele referia-se às sugestões feitas pelo líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante, e pelo chefe da assessoria econômica do Ministério do Planejamento, José Carlos Miranda, de que o governo deveria intervir para segurar a cotação. Segundo o ministro Mantega, Miranda "falou como economista e não como membro do governo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.