Ministro pedirá às operadoras fim da assinatura

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, informou hoje que pretende se encontrar com representantes de operadoras de telefonia na próxima semana para tentar convencê-los da necessidade de eliminação da cobrança de assinatura mensal de telefonia fixa. Desde que assumiu o cargo de ministro, Costa tem assumido postura contrária à cobrança de assinatura básica de telefone.O ministro informou ainda que tem a intenção de entregar ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva um relatório sobre a cobrança de assinatura básica mensal da telefonia fixa. Ele explicou que o cliente de menor poder aquisitivo, mesmo pagando a assinatura integral, não utiliza o total de pulsos embutidos na cobrança de assinatura. Isso não acontece, explicou ele, entre os consumidores mais ricos, que utilizam mais esses pulsos, e pagam o mesmo valor que os clientes mais pobres."Advogo o fim da assinatura básica. Em 1998 a assinatura básica custava US$ 3 e hoje custa US$ 18. Não vejo razão para subir", disse. Ele afirmou que há outras opiniões sobre o mesmo assunto, e considerou que já ouviu pessoas que defendem a redução gradual do valor das assinatura mensal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.