Ministro quer País produzindo mais Volks que Alemanha

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, disse hoje esperar que o Brasil ultrapasse a Alemanha na produção de veículos Volkswagen em todo o mundo, ainda neste ano. "Estamos atrás da China e da Alemanha. Espero passar por um este ano e depois vencer a China", disse, durante o evento do lançamento do novo Gol, realizado na unidade da montadora em São Bernardo do Campo, no Grande ABC (SP), com a participação de 10 mil pessoas.Jorge ressaltou que até hoje a Volkswagen produziu mais de 17 milhões de veículos dos mais variados modelos e que, para o lançamento do novo Gol, a empresa investiu R$ 1,2 bilhão. Ele lembrou ainda que o Gol foi o primeiro veículo bicombustível do Brasil, lançado em 2003, e que, a partir de então, a adoção desse combustível se tornou uma tendência. "Essa tecnologia foi desenvolvida aqui em São Bernardo e hoje somos destaque internacional pelo uso do etanol e pela produção de carros bicombustíveis", afirmou .Jorge lembrou ainda que a fábrica da Volks em São Bernardo não promove apenas desenvolvimento para a região do Grande ABC, mas a todo o País. Ao finalizar o discurso, o ministro afirmou que a produção de automóveis no acumulado dos últimos 12 meses está 20,3% maior do que o levantamento anterior.O vice-governador Alberto Goldman (PSDB), também presente ao evento, enfatizou os benefícios trazidos pela localização da montadora. "A presença da Volkswagen no Estado de São Paulo é um dos orgulhos da indústria paulista", ressaltou. Ele lembrou que a companhia foi um dos instrumentos mais importantes para arrancada do desenvolvimento econômico brasileiro desde 1950.DirigentesOs dirigentes da empresa, por sua vez, agradeceram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, também presente ao evento, pela estabilidade macroeconômica vivenciada pelo país. "Senhor Lula: o senhor deu estabilidade ao País e essa é uma condição básica para as empresas investirem", afirmou o diretor mundial da Volkswagen, Francisco Garcia Sanz.Sobre a possibilidade de o País se tornar o segundo maior mercado da Volks, o executivo disse que os índices recentes de produção e venda fortificam a posição do Brasil, que é a terceira no ranking mundial da montadora. O presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, informou que os investimentos da montadora para o lançamento de hoje o fazem o maior no Brasil, o que proporcionará uma venda imediata de 5 mil unidades a partir de amanhã. "Nesses 28 anos (de produção do Gol) o Brasil mudou muito e o Gol mudou com o Brasil", comparou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.