Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Ministro revê para baixo exportações do agronegócio

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse hoje ser pouco provável que as exportações do agronegócio tenham um incremento de US$ 10 bilhões em 2004. Esta era a projeção no início do ano por causa da possibilidade de uma grande safra de soja e do aumento nas vendas de carnes. Agora, segundo ele, a estimativa é de um aumento entre US$ 7 bilhões e US$ 8 bilhões nas vendas para o exterior. Em 2003, as exportações do agronegócio atingiram US$ 30,6 bilhões. "Quando fizemos a projeção de aumento de US$ 10 bilhões, contávamos com uma safra de soja de 6 a 7 milhões de toneladas maior do que a do ano passado", afirmou. Segundo o ministro, este aumento não vai se concretizar por causa dos problemas climáticos e da doença ferrugem asiática. "Vamos saber ao certo na semana que vem, quando a Conab divulga a nova estimativa, mas é provável que a safra de soja fique próxima da do ano passado (52,03 milhões de toneladas)".O ministro disse ainda que as exportações de carnes de frango, suínos e bovina não estão crescendo tão rápido quanto o esperado por causa das crises sanitárias em alguns dos principais países exportadores e consumidores de carne. "O problema é que o consumo de carne também caiu no mercado internacional", afirmou.

Agencia Estado,

12 de abril de 2004 | 16h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.