Ministro volta a pedir redução das tarifas de celulares

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, voltou a criticar ontem o valor das tarifas cobradas pelas operadoras de telefonia celular do País. Segundo ele, o valor cobrado pelo pré-pago no Brasil seria o quarto ou quinto mais caro do mundo, superando EUA, Reino Unido, Rússia e China. Segundo Costa, a meta do governo agora é a de convencer as operadoras a reduzir os preços. "Fizemos um levantamento em todo o mundo e concluímos que o que se cobra no Brasil é alto demais", afirmou. Segundo ele, apenas os países escandinavos e o Japão têm tarifas mais altas que o Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.