finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Ministros da Apec alertam que crise não acabou

Os ministros da região Ásia-Pacífico alertaram nesta quarta-feira que a crise global está longe do fim e que a atual melhora é mais um alívio que uma recuperação.

REUTERS

11 de novembro de 2009 | 09h32

Os ministros do fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) reuniram-se em Cingapura para debates que terminarão em uma cúpula no final de semana com a participação do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

O representante de Cingapura, George Yeo, disse que eles discutiram a recuperação global, a reforma das instituições financeiras e o protecionismo.

Segundo ele, o consenso entre os ministros foi de que a crise "não está de forma alguma encerrada".

"A melhora que temos agora é um alívio. A situação ainda é frágil. Ainda devemos trabalhar na raiz do problema", disse ele.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROAPECRETOMADA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.