Minoritários da Oi podem ter participação diluída

Para o analista Felipe Cunha, da Votorantim Corretora, os acionistas minoritários da Oi poderão ter perdas por causa do desenho escolhido para a operação entre a empresa e a PT. Cunha afirma que o valor de até R$ 8,44 bilhões a ser desembolsado pelo grupo português para a compra de 22,4% da Oi contemplou somente os acionistas majoritários da Telemar Participações (Andrade Gutierrez e La Fonte), que tinham 38,65% das ações da empresa e administravam 11,49% do Fundo Atlântico, dos funcionários da Oi - que, agora, terão de ceder parte do poder administrativo à PT. "O mercado teve uma surpresa adversa, vendo o risco de os minoritários terem sua participação diluída", disse. / F.S.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.