Mirando não bancarizados, MasterCard lança banco pelo celular

A MasterCard vai lançar em 2010 uma plataforma que permite realizar operações financeiras pelo celular, mesmo por pessoas que não tenham conta corrente em banco.

REUTERS

25 de novembro de 2009 | 07h50

Em parceria com o Itaú Unibanco, a Vivo e a Redecard, o aplicativo, batizado de Mobile Network Gateway, permitirá aos usuários do serviço realizar transações como transferência de dinheiro, pagamentos de contas e fazer recarga de créditos para celulares pré-pagos.

Segundo o presidente da MasterCard no Brasil, Gilberto Caldart, o país foi eleito pela companhia para a estreia do produto pelo fato de ser um mercado com alto nível de penetração do mercado de telefones celulares, numa população com nível de bancarização ainda limitada, o que dá espaço para a rápida expansão da novidade.

"O programa dá acesso a serviços financeiros a pessoas não bancarizadas ou que tenham apenas conta poupança", explicou o executivo à Reuters.

Mais adiante, a empresa deve expandir o serviço para outros mercados emergentes.

Segundo um levantamento feito por uma consultoria ligada ao Banco Mundial, citado pela MasterCard, cerca de 4 bilhões de pessoas possuem telefone celular no mundo inteiro. Porém, um número bem menor delas, cerca de 1 bilhão, têm conta corrente em banco, número que deve subir para 1,7 bilhão de pessoas até 2012.

(Por Aluísio Alves)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSMASTERCARDCELULAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.