Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Missão do FMI já está no Brasil; trabalhos começam amanhã

A missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) que desembarcou hoje em São Paulo começa a trabalhar em Brasília amanhã e permanecerá no País até o dia 20. O assessor do FMI, Francisco Baker, disse que trata-se de uma visita de rotina, marcada bem antes das eleições de outubro. De acordo com ele, o objetivo é avaliar como está sendo conduzido o acordo de US$ 30 bilhões com o Brasil. Baker acredita que a equipe não encontrará problemas no País, já que os fundamentos estão em ordem. Em relação ao governo eleito, o assessor afirmou que o encontro com a equipe de transição será apenas um contato inicial.Funcionários do governo brasileiro informaram que durante esta segunda-feira a missão permanecerá na capital paulista, onde manterá contatos com representantes de instituições financeiras. Amanhã, por volta das 18 horas, o grupo de técnicos, chefiado por Jorge Marquez-Ruarte, terá em Brasília o primeiro encontro oficial com o governo brasileiro, na sede do Ministério da Fazenda, possivelmente com o ministro Pedro Malan.Até o dia 20, a missão do Fundo deve visitar o Ministério da Previdência e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, além do Banco Central. Os contatos na Fazenda serão com técnicos da Secretaria de Política Econômica, do Tesouro Nacional e da Receita Federal.O ministro Pedro Malan antecipou, em entrevista na sexta-feira à Agência Estado, que a missão não é negociadora. Malan descartou a possibilidade de um aumento da meta de superávit de 3,75% do PIB nas contas públicas em 2003. O relatório da missão do FMI deverá ser aprovado pela diretoria do Fundo no dia 18 de dezembro, quando estarão disponíveis para o Brasil mais US$ 3 bilhões.

Agencia Estado,

11 de novembro de 2002 | 15h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.