Mistura de etanol à gasolina cairá para 20% por 90 dias

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Agricultura, proporção voltará a 25% após o período

Leonardo Goy e Sandra Manfrini, da Agência Estado

11 de janeiro de 2010 | 17h57

O porcentual obrigatório de adição de etanol anidro combustível à gasolina será reduzido de 25% para 20%, a partir de 1º de fevereiro. O novo porcentual ficará em vigor pelo prazo de 90 dias e foi estabelecido por portaria assinada hoje pelos ministros da Agricultura, Reinhold Stephanes; Minas e Energia, Edison Lobão; e interinos da Fazenda, Nelson Machado; e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ivan Ramalho.

Segundo nota divulgada nesta segunda-feira, 11, pelo Ministério da Agricultura, após os 90 dias, o porcentual obrigatório de adição de etanol à gasolina retornará aos 25%. O objetivo da medida é garantir o abastecimento do etanol e segurar a alta dos preços do combustível. Nas últimas semanas, com as chuvas fortes que atingiram as regiões produtoras de cana-de-açúcar, a colheita acabou sofrendo atraso. Inicialmente, o ministro Stephanes era contrário à decisão de reduzir a mistura, mas acabou sendo convencido pela área energética do governo. Com a redução da mistura, injeta-se mais álcool no mercado.

Tudo o que sabemos sobre:
combustíveisetanolgasolina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.