Mitsubishi transferirá ao Brasil parte de sua produção

Fabricante japonesa pretende instalar no País sua base de exportação para toda América Latina

Efe,

25 de fevereiro de 2009 | 05h02

A fabricante japonesa de veículos Mitsubishi transferirá parte de sua produção ao Brasil para reduzir o impacto do fortalecimento do iene em seus custos de produção, segundo informou nesta quarta-feira, 25, o jornal Nikkei. Veja também: As medidas do empregoDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise   O objetivo da Mitsubishi é instalar no Brasil sua base de exportação para toda América Latina, segundo o jornal japonês. A fabricante japonesa escolheu o Brasil como destino para suas fábricas devido às exportações brasileiras contarem com tarifas privilegiadas na região graças ao Mercosul e ao pacto comercial brasileiro com o México. A Mitsubishi planeja transferir no ano fiscal de 2009, que começa em abril, parte de sua produção nacional de veículos à fabricante MMC Automotores do Brasil, em São Paulo. A fabricante japonesa ainda vai decidir que modelos fabricará no Brasil, mas a caminhonete Pajero parece ser a primeira candidata, pois tem altos níveis de venda no mercado brasileiro. A companhia planeja ainda aumentar sua produção no Brasil de maneira progressiva, até chegar aos 50 mil veículos anuais, empregando chassi, motores e outras autopeças fabricadas no Japão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.