Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

Mitsubishi UFJ e Morgan Stanley fundem corretoras no Japão

O Mitsubishhi UFJ Financial Group e o banco de investimento Morgan Stanley vão fundir suas corretoras no Japão para competir melhor com as líderes Nomura Holdings e Daiwa Securities Group.

REUTERS

26 de março de 2009 | 07h44

O MUFG, maior banco do Japão, terá 60 por cento de participação na entidade combinada a ser formada em março de 2010 e terá direito a indicar nome para a presidência-executiva, informaram os dois bancos.

O MUFG comprou em outubro 9 bilhões de dólares em ações preferenciais do Morgan Stanley. As duas instituições informaram que ainda negociam alianças globais em outras áreas.

Juntos, Mitsubishi UFJ e Morgan Stanley teriam ficados em primeiro lugar em negócios de assessoria de fusões e aquisições no Japão, superando a Nomura, segundo dados da Reuters.

A união ocorre em um momento em que o Citigroup planeja leiloar sua corretora japonesa Nikko Cordial Securities, para levantar fundos. O Mitsubishi UFJ tem sido indicado como um possível comprador dessa operação.

(Por Mayumi Negishi)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSMORGANMUFGFUNDEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.