MMX confirma divisão e venda para Anglo American

A mineradora de ferro MMX, controlada pelo empresário Eike Batista, confirmou hoje um plano de divisão de ativos, em negociação exclusiva com a Anglo American. A reestruturação da MMX resultará em duas empresas, uma delas a Newco, que será comprada pela Anglo por US$ 5,5 bilhões. A outra companhia que nascerá da cisão será a LLX Logística."As partes contemplam que a operação de reestruturação seja uma condição precedente para a conclusão da operação de compra. Os termos da operação de compra incluirão, ainda, o pagamento pela Newco à MMX de uma participação econômica futura, devida a partir de 2023, em relação à MMX Amapá, e a partir de 2025, em relação à MMX Minas-Rio, além de outros compromissos mútuos das partes envolvidas", diz o aviso distribuído hoje.Se a reestruturação for concluída, a Newco deterá a participação da MMX de 51% no sistema MMX Minas-Rio (excluída a participação acionária de 51% na LLX Minas-Rio atualmente detida pela LLX), bem como a participação de 70% da Companhia no Sistema MMX Amapá. Uma subsidiária integral da Anglo American atualmente já detém participação de 49% no Sistema MMX Minas-Rio e na LLX Minas-Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.